quarta-feira, 10 de julho de 2013

Mulheres da Bíblia

Quais as virtudes de uma mulher cristã?
As virtudes de uma mulher temente a Deus são como pérolas valiosas. Observemos uma concha. Ela é bonita, mas o seu verdadeiro valor está dentro dela. Existem muitas conchas no mundo, mas são poucas as que trazem o valor precioso que é a pérola! A pérola que está dentro da concha é que vale infinitamente mais, não importando o tamanho, a beleza e a cor da concha.
Certamente nos ajuda o que a Bíblia fala em Colossenses 3.12-14, para analisarmos realmente o que significa ser uma mulher virtuosa tendo os seguintes atributos de Deus:
Misericórdia: é compaixão. É ajudar as pessoas. É doar-se. Deus nos deu o exemplo maior – João 3.16.
Bondade: é fazer o bem. Bondade é uma ação boa motivada por um espírito generoso.
Humildade: é reconhecer a nossa posição perante Deus. Um espírito humilde não exige os seus próprios direitos, mas reconhece que se somos alguma coisa é somente pela misericórdia e graça do Senhor.
Mansidão: é brandura, suavidade. É uma qualidade pacífica. A mansidão não deve ser confundida com fraqueza, pois exige grande domínio próprio.
Longanimidade: significa “grandeza de ânimo”. É paciência em relação a outras pessoas, não cobrando tão rapidamente seus erros.
Perdão: é desculpar, absolver, esquecer. É o mesmo conceito de cancelar uma dívida – tetelestai no original grego.
Amor: ele está acima de tudo. É o dom supremo!
Estudo sobre as Mulheres da Bíblia
A obra-prima de Deus é o homem. Quando Deus o criou, Ele viu que era muito bom. Mas como o homem sentiu solidão, Deus lhe fez uma companheira que lhe fosse idônea, ou seja, capaz. Capaz de ajudá-lo, de animá-lo, de fortalecê-lo, de ser a pessoa que andasse lado a lado com ele e, enfim, viesse a completá-lo. Então surgiu o pecado e, ao longo dos anos, o pecado tem causado separação, dor e fracassos. Muitas mulheres falharam, mas ao buscar ajuda no Deus Único e Verdadeiro, tiveram suas vidas restauradas numa Rocha firme.
As mulheres da Bíblia tiveram grande importância no Plano da Salvação que o Senhor determinou. Mulheres como Joquebede, Ana e Ester nos deixaram o exemplo de terem buscado forças nAquele que as conduziu; outras, como Eva, Sara, Miriã, caíram, mas o Senhor as levantou; a mulher de Ló, Dalila e Jezabel buscaram para si mesmas o que o mundo lhes oferecia e se perderam na soberba, luxúria e morte. Tristes exemplos que nos servem de alerta para não cairmos na concupisciência do mundo.
“Enganosa é a graça e vã a formosura, mas a mulher que teme ao Senhor, essa será louvada” – Provérbios 31.30. O temor do Senhor dá à mulher uma nova estatura; conhecer o Senhor a fortalece em prosseguir para o alvo; a intimidade com o Senhor capacita a mulher a suportar a tribulação – 2 Coríntios 4.8-9.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário